ROI de franquia: como calcular os ganhos do empreendedor?

ROI de franquia: como calcular os ganhos do empreendedor?

Para quem está pensando em abrir um negócio próprio, as franquias oferecem oportunidades de retorno de investimento competitivas e com altas taxas de crescimento, por fornecerem um modelo de negócio já testado, mais seguro, rentável e lucrativo.

Apesar do interesse no mercado de franquias, alguns empreendedores ainda têm dúvidas em relação ao Retorno do Investimento (ROI) de uma empresa. É comum que, antes de iniciar o empreendimento, o profissional tenha preocupações ligadas ao cálculo dos ganhos e ao real tempo de volta do dinheiro investido.

Neste texto, explicamos tudo sobre o assunto e esclarecemos as principais questões que surgem sobre o ROI de franquia. Continue lendo para entender como calcular os seus ganhos como empreendedor!

O que é o Retorno do Investimento (ROI)?

É a taxa de retorno sobre um investimento inicial, ou seja, o tempo previsto para que o profissional recupere o dinheiro investido no negócio e comece a lucrar com a empresa. O ROI serve para que os empreendedores analisem o custo-benefício de uma iniciativa.

Como determinar o investimento inicial?

Em geral, as franquias oferecem diferentes modelos de investimento, a depender da capacidade monetária do profissional, em que há um valor esperado para colocar o negócio para funcionar.

O investimento inicial engloba todos os gastos necessários para a implantação da empresa. Em uma franquia odontológica, por exemplo, deve-se considerar despesas como:

  • instalações e reformas;
  • móveis;
  • equipamentos e ferramentas;
  • taxas da franquia.

Além disso, é importante que o dentista empreendedor separe um capital de giro para garantir a continuidade do funcionamento da empresa.

De que forma é estipulado o ROI de franquia?

Para calcular o prazo de retorno do investimento, os franqueadores fazem análises sobre os resultados de outras franquias, além de estudarem o mercado daquele segmento e a situação econômica do momento. Com isso, é possível fazer uma estimativa do período que o empresário vai precisar para receber de volta o dinheiro aplicado.

O tempo médio do ROI de uma franquia é de dois anos. No entanto, o retorno do investimento dependerá do empenho e da capacidade de gestão do profissional. Outros fatores que podem influenciar nos resultados esperados são a localização do negócio e o tipo de franquia escolhido.

É exatamente para assegurar o desenvolvimento do negócio que a rede de franquias proporciona suporte para o empreendedor. Contudo, o franqueado precisa cuidar ativamente da sua empresa e ter um planejamento para alcance de suas metas, investindo na atração de clientes e mantendo a qualidade dos serviços.

Como é levantado o lucro?

Outra questão relacionada ao ROI de franquia é o cálculo do lucro. Em qualquer negócio, o lucro obtido é medido pelo dinheiro arrecadado (receitas) menos o valor gasto (despesas).

No caso de uma franquia odontológica, deve-se calcular os ganhos em prestação de serviço para, depois, subtrair a taxa de investimento inicial da franquia e os custos operacionais.

Gostou do nosso conteúdo sobre ROI de franquia? Elas são ótimas oportunidades de investimento e estão em pleno crescimento no mercado. Se você tem interesse em abrir uma franquia odontológica, entre em contato com a Amiga Odontologia.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja nossos TRATAMENTOS

passe o mouse e clique para ver mais detalhes

Quer ter uma franquia da Amiga Odontologia?
Clique aqui e saiba mais.

Receba as NOVIDADES DA AMIGA